domingo, 5 de dezembro de 2010

Uma música pra refletir


Antes de tudo eu gostaria que você olhasse e fosse ler a minha postagem sobre o amor segundo schopenhauer. Pois bem, agora me pergunto, por que causa de vez enquando nos apaixonamos por pessoas de beleza contestável para a atual sociedade? Eu não sei...Mas acho que aquela frase que diz que beleza não importa de vez enquando acerta. Mas vou deixar de barola e vou lhes mostrar a letra e o link da música no YouTube que me fez pensar nesta postagem. Dali Chico...

Tanto Amar - Chico Buarque - YouTube

Tanto Amar Chico Buarque
Amo tanto e de tanto amar
Acho que ela é bonita
Tem um olho sempre a boiar
E outro que agita

Tem um olho que não está
Meus olhares evita
E outro olho a me arregalar
Sua pepita

A metade do seu olhar
Está chamando pra luta, aflita
E metade quer madrugar
Na bodeguita

Se seus olhos eu for cantar
Um seu olho me atura
E outro olho vai desmanchar
Toda a pintura

Ela pode rodopiar
E mudar de figura
A paloma do seu mirar
Virar miúra

É na soma do seu olhar
Que eu vou me conhecer inteiro
Se nasci pra enfrentar o mar
Ou faroleiro

Amo tanto e de tanto amar
Acho que ela acredita
Tem um olho a pestanejar
E outro me fita

Suas pernas vão me enroscar
Num balé esquisito
Seus dois olhos vão se encontrar
No infinito

Amo tanto e de tanto amar
Em Manágua temos um chico
Já pensamos em nos casar
Em Porto Rico